SEJA BEM VINDO !

Este blog é para troca de informações, idéias e experiências na área da educação, conhecimento religioso e teológico.

"A PAZ DEVE SER O ALIMENTO DIÁRIO NA CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO MAIS JUSTO E SOLIDÁRIO !" (Jorcemar)



(Algumas imagens usadas no blog são retiradas da internet, se for de seu domínio e desejar que sejam retiradas favor entrar em contato pelo email:jbaduc@yahoo.com.br

domingo, 29 de abril de 2012

Encontro aborda o ecumenismo e a nova evangelização



A primeira parte do encontro foi dedicada aos bispos que falaram sobre o ecumenismo e a nova evangelização
Autoridades religiosas, representantes dos novos movimentos, comunidades eclesiais e, ainda, de outras denominações cristãs estão reunidos em Assis, na Itália, num evento que teve início na quarta-feira, 25. Participaram mais de mais de 300 pessoas provenientes de todos os continentes.

A primeira fase do encontro foi dedicada aos Bispos da Igreja que com Celebrações Eucarísticas, palestras e momentos de oração, partilharam o tema: Ecumenismo e a Nova Evangelização. O Brasil foi representado pelo Bispo de Caruaru, Dom Bernardino Merchiò, e pelo Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Roberto Lopes.

Esteve presente, ainda, o atual Bispo de Taranto, na Itália, Dom Filippo Santoro, que está de volta ao seu país depois de uma experiência de 27 anos no Brasil.

"É um momento de graça e de comunhão, de unidade, seja entre as várias comunidades da fraternidade católica, ligada a Renovação Carismática Católica (RCC) ou ao Movimento carismático em geral, seja com bispos, pastores, de com outras denominações cristas”, destacou Dom Filippo.

Para ele, este ecumenismo, esta unidade entre os movimentos e grupos é um dom do Espírito de Deus, é um sinal do que deve ser a Igreja. “A Igreja, seguindo a orientação do Papa Bento XVI deve dar um sinal da nova evangelização do nosso mundo! O mundo colocou a margem da vida a presença de Deus, a presença de Cristo. De Deus se fala muito, mas cada um invoca a sua maneira. Enquanto que anuncio do cristianismo é que Deus se fez homem e se comunicou, veio ao nosso encontro”, disse.


Promoção da unidade
Entre os representantes de outras religiões está o pastor da Igreja Anglicana, reverendo Tony Palmer, que salientou que é importante e fundamental promover a unidade.

“Se analisamos a Sagrada Escritura, a oração de Jesus, percebemos que devemos ser um para que o mundo possa crer. Na realidade, nossa credibilidade está ligada a unidade que vivemos", enfatizou o pastor anglicano.

No sábado iniciou-se um momento de reflexão direcionado aos leigos, uma conferência internacional motivada pelo tema "Unidos a Cristo por uma Nova Evangelização".

O pregador da Casa Pontifícia, Frei Raniero Cantalamessa, disse acreditar no valor destas comunidades, destas iniciativas para a evangelização e para o renovamento da fé.

“Este momento existe o grande esforço da Igreja de reenvangelizar o mundo, sobretudo, ocidental, que perdeu a fé, suas raízes cristãs. E também o Ano da Fé que o Papa inaugurou deve servir para isso. A Evangelização não acontece somente com palavras, sobretudo com a vida”, destacou Frei Cantalamessa.

O presidente da Fraternidade Católica e membro do Pontifício Conselho para os Leigos, Matteo Calisi, destacou ainda que a Renovação Carismática se desenvolveu nos últimos 40, 50 anos, nas maiores denominações cristãs.

“São 650 milhões de cristãos, um em cada quatro cristãos se ferem a esta experiência da Renovação Carismática e a íntima experiência com Deus chamada batismo no Espírito Santo ou a efusão do Espírito. É obvio que os carismáticos de todas as Igrejas, com a mesma linguagem, a mesma tradição de oração, jeito de falar, de se expressar, veiculam, de carta forma, aquilo que é chamado na Igreja Ecumenismo Espiritual, mencionado no Concílio Vaticano II”.

Segundo Matteo Calisi , os bispos estão explorando possibilidades pastorais e teológicas para fazem avançar processo do ecumenismo de forma prudente.


Disponível em :  http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=286021

domingo, 22 de abril de 2012




















Atenção, estudantes!!
  O Prof. Dr.Carlos André M. Cavalcanti, comunica a todos :

SELEÇÃO DE PESQUISADORES DISCENTES para o GP VIDELICET Religiões:
Passo 1: acesse a minha coluna no site Fatos PB e assista os vídeos linkados lá. Está tudo em: http://www.fatospb.com.br/colunista.php?id=15537
Passo 2: assista os filmes programados para o auditório 412 do CCHLA (ver abaixo)
Passo 3: faça uma pequena avaliação escrita sobre os conteúdos dos filmes e vídeos e uma entrevista oral nas datas abaixo indicadas. [Obs.: Se tiver impedimento nos horários, entre em contato conosco para tentar outro agendamento (videlicet.ufpb@gmail.com)]
23/4 segunda
AUD. 412 CCHL
24/4 terça
AUD.412 CCHL
26/4 quinta
AUD.412 CCHL
27/4 sexta
AUD.412 CCHL
14h
Vídeos e FILME Cafundó
14h
Vídeos e FILME
A Ponte de San Luis Rey
14h
Avaliação Escrita
18h
Vídeos e FILME Cafundó
18h
Vídeos e FILME
A Ponte de San Luis Rey
18h
Avaliação Oral



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Educação hoje


 Trechos de trabalho apresentado na disciplina de Fundamentos Antropofilosóficos da Educação





                A educação é algo que deve ser tratado seriamente.  Fato que à escola não está sendo um espaço de troca de informações, um local onde se faz reflexão por parte de quem é responsável em transmitir o conhecimento teórico e ao mesmo tempo este transmissor absorver também o que o aluno tem a dizer. Não está havendo uma troca recíproca. É certo que somos responsáveis enquanto sociedade pelas consequências educativas das nossas ações, também faz parte disso o governo e os educadores. O que nos leva a concluir que precisamos de uma mobilização da parte de todos em favor de uma verdadeira educação, que leve o homem a pensar sobre sua vida, refletindo, criando, saindo da ilusão de conceitos únicos, que possa o mesmo ser livre para escolher o seu caminho. É necessário o homem passar por um processo educacional que o leve a uma autonomia de pensamento, para que o mesmo tome suas próprias decisões. Trazer o ser humano a luz é um dos grandes desafios hoje, a escola deve ser um espaço de construção de conhecimento e não um simples local de repetição de palavras. 
                O pós- modernismo que segundo Jean Baudrillard, vive uma orgia e sua influência no espaço educacional e social hoje. O mundo parece que está numa verdadeira guerra de informações, tudo rápido um verdadeiro bombardeio de notícias, os meios de comunicação muito ágeis em repassar com destaque tudo o que permeia a sociedade, sejam crimes, as corrupções as crueldades etc. os valores que são repassados na escola ou pela família tais como: ética, mora, casamento, religião estão sendo colocados de lado por um novo tipo de comportamento que é o mercado do consumo, da produção.
                Estamos vivenciando um tempo de individualismo, esquecendo a solidariedade para com o outro, o ser humano esta sendo instruído para competir, estão esquecendo os valores que às vezes não conseguiram absorver, o que importa é o ter, o poder a autossuficiência. Correr para usufruir o máximo do prazer sendo assim tudo vale. A preocupação é grande hoje, pois as pessoas passam por cima umas das outras para conseguir seus objetivos sem se constranger ou se sentir culpados. Será que conseguiremos visualizar uma luz no fim do túnel? O que fazer após tudo isto?.

 
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE EDUCAÇÃO
CURSO CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES
DISCIPLINA: Fundamentos Antropo filosóficos da Educação
Prof. Dr. José de Arimáteia Fontes
Alunos: Jorcemar Bezerra de Albuquerque
             Thalison Pinto Trindade
2011.2

quarta-feira, 11 de abril de 2012

LANÇAMENTO DO LIVRO DA PROFESSORA SIMONE MALDONADO

É com muita alegria que posto aqui no blog a informação sobre o lançamento do livro da Professora Doutora Simone Maldonado e a grata satisfação de ter sido aluno da mesma, e vejam o quanto curso de Ciências das Religiões- UFPB  tem sido enriquecido com as produções dos nossos mestres e doutores.







Descrição A noção de segredo que preside este livro, não só perpassa as analises aqui contidas, como tem sido considerado o termo mais importante da sociologia do pensador alemão Georg Simmel.
Muito variado em suas indagações sobre o mundo da vida, da constituição da sociedade e os que a compõem, da arte e do amor, Simmel não teve reconhecimento em sua época. No entanto, hoje usufrui de prestígio na academia e na literatura, influenciando o que se escreve e o que se pensa sobre as formas sociais que estudou.
Minha curiosidade sobre o pensamento simmeliano, nasceu por ocasião do doutorado na UnB sob orientação do Prof. Dr. Gustavo Sérgio Lins Ribeiro e posteriormente no pós-doutorado na USP com o prof. Dr. Antonio Mourão.
De tal modo vigorosos e elucidativos, os textos de Simmel aqui contidos evidenciam como o seu pensamento e a sua obra contribuem para o entendimento da sociedade e para inúmeros estudos feitos na atualidade, inclusive artigos e livros sobre o fenômeno ciber.
Utilizei seus pensamentos sob de um ponto de vista antropológico, ao estudar comportamentos, linguagens, estratégias náuticas e pesqueiras em comunidades do litoral nordestino. O segredo perpassa ações sociais e as socialidades no meio pesqueiro, desde o ancoradouro dos botes até os pontos de abundancia de peixes, estendendo-se também ao mercado e às relações familiares e vicinais. Para proceder à análise dos meus dados, debrucei-me sobre as teorias desse fenômeno presente ao modo simmeliano sempre que há sociedade.
O conceito de segredo vai além dos componentes de confiança, de ocultação, de revelação, inscrevendo-se também em formas sociais de distribuição e administração da informação e do conhecimento. Simmel a ele se refere como condição da existência e do funcionamento da própria sociedade, dos grupos sociais (Zweckverbanden). Ao falar de espaço, Simmel remete à noção de Stimmung, a subjetividade humana que confere valor e se liga à beleza das paisagens e das obras de arte.
Sentidos, Segredos é feito de artigos e digressões de Simmel sobre a constituição da sociedade, sobre a institucionalidade do segredo, o sentido do adorno e o comportamento de tipos sociais como o avarento e o esbanjador.
Este livro tem o objetivo de viabilizar aos leitores peças da sociologia simmeliana ate agora não traduzidos para o português.


Simone Carneiro Maldonado

Doutora em Antropologia pela Universidade de Brasília (1991), Pós-doutora em Sociologia pela USP (1993), Mestre em Antropologia pela Universidade de Brasília (1979), Graduada em História pela Universidade Federal da Paraíba (1967). Atualmente é prof. adjunto IV da Universidade Federal da Paraíba (aposentada) e credenciada como professora voluntária no programa de pós-graduação em Sociologia (PPGS- CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Concentração na área de Ciência da Informação, principalmente nos seguintes temas: pescadores, imaginário popular, espaço, turismo, comunicação e novas tecnologias, Internet.